Em Anápolis, casa projetada por Niemeyer é restaurada e receberá Mostra

Por Aproveite em 22 de set de 2017

Imagine-se tendo ninguém menos que Oscar Niemeyer como grande amigo e, de presente, ganhar dele o projeto de uma casa? Essa é uma história real de quase 60 anos que está prestes a ser revivida e apresentada ao público. O #aproveiteacidade esteve em Anápolis e trouxe, em primeira mão, todas as curiosidades pra você.

Por Luisa Sahium, de Anápolis

Jardim na entrada do Casarão projetado por Niemeyer e construído na década de 60, em Anápolis/ Foto: Divulgação

Através da restauração do Casarão que pertenceu ao médico e ex-prefeito Anapolino de Faria, a história de sua amizade com Niemeyer poderá ser conhecida e (muito) apreciada. É que a casa, um terreno de 2.230 m², receberá a 1ª Mostra de Arquitetura de Anápolis, em novembro. As obras estão em ritmo intenso. Cada ambiente é de responsabilidade de um arquiteto e todo o mais ainda é segredo. Haja expectativa!

Piscina da área externa do Casarão. Ideia é que a reforma que envolve grandes nomes locais de Arquitetura e Design mantenha a essência da casa / Foto:  Divulgação

Sabe-se que permanecerão intactos dois dos mais significativos painéis: o Painel dos Apóstolos, feito em croqui de carvão por Gilda Reis Neto, e o Painel Azul e Branco de Paulo Werneck. Além disso, serão mantidos os azulejos e muxarabis (espécie de treliça), de Sergio Rodrigues, também amigo de Anapolino. Deu pra notar que grandes nomes da arquitetura e do design fazem parte dessa história. Para que não se perca a essência, o mínimo possível será modificado.

Painel dos Apóstolos, feito em croqui de carvão por Gilda Reis Neto/ Foto: Divulgação

Uma das peculiaridades da história do Casarão está na maneira como o arquiteto presentou o prefeito. Acredite: não há um documento sequer que comprove a autoria de Niemeyer no projeto da casa. Tudo isso porque, segundo os herdeiros, o presente foi dado de maneira muito informal e descontraída, quase que como numa mesa de restaurante.
Sobre o dono

O dono da casa e ex-prefeito de Anápolis, Anapolino de Faria, o arquiteto Oscar Niemeyer e o médico Raul Balduíno, em foto tirada no Casarão/ Foto:  Divulgação

Anapolino de Faria nasceu em Anápolis, no ano de 1921. Formou-se médico no Rio de Janeiro e lá conheceu sua esposa, dona Dulce de Faria, com quem teve cinco filhos e permaneceu casado por toda a vida. Amigo também de Juscelino Kubistchek, foi deputado, vereador e prefeito. Uma de suas filhas, Suzane conta que a amizade do pai com Kubistchek era sólida a ponto de ter um quarto só para recebê-lo no Casarão. Foi também através dele que Anapolino conheceu Niemeyer.  Anapolino faleceu aos 87 anos, em 2008. Dona Dulce viveu até 2010.

Dulce de Faria, esposa de Anapolino, em quadro que faz parte do acervo do Casarão.  O casal teve cinco filhos / Foto:  Luísa Sahium

O Casarão fica na Rua Dona Sandita, nº 55, Setor central de Anápolis, Goiás.  De 8 de novembro a 10 de dezembro, o espaço receberá a 1ª Mostra de Arquitetura, Design de Interiores e Paisagismo de Anápolis  –  Mostra Kzulo. A visitação ocorrerá de segunda a sexta-feira, das 16h às 22h. Sábado, domingo e feriados, das 12h às 22h.


Toda cidade possui segredos, extraordinários lugares que ainda não são conhecidos. Aqui a gente mostra não apenas as novidades que surgem, mas também clássicos, singulares achados que possivelmente ainda não foram descobertos pela maioria.

Se você conhece algum lugar bacana, conte para a gente! Pode ser um café escondidinho no centro que é divino ou um beco cheio de grafites geniais. Seja por e-mail ou mensagem em alguma rede social. Não importa por onde, vamos descobrir juntos como aproveitar a cidade!